Rádio Itatiaia

Alimentação equilibrada e muita água podem ajudar a curar a ressaca de Carnaval

Já se passaram os dias de Carnaval, a quarta-feira de Cinzas e, mesmo assim, vários blocos continuam desfilando em Belo Horizonte e arrastando milhares de foliões pelas ruas. Por aqui, a edição deste ano foi marcada pelo sucesso das pochetes, das plaquinhas e das bebidas alcoólicas que também chamaram a atenção pela variedade e mistura de sabores. Você ouviu falar no corote? Composição de vodca aromatizada artificialmente, o xeque-mate, mistura de run, chá mate e limão, e o gengibre que leva gin, limão e refrigerante, além das bebidas tradicionais, como catuaba e  cervejas. 

Com tanta bebida diferente, não tem como fugir da ressaca no pós-bebedeiras do carnaval. A ressaca nada mais é do que uma reposta do corpo que foi agredido externamente, neste caso pelo álcool. Os principais sintomas são dores de cabeça, náuseas e indisposição. 

Mas como fugir dos impactos da ressaca? De acordo com a nutricionista Maiara Deslandes, a ingestão de água é essencial para melhorar os sintomas da ressaca. “A água, sem dúvida, é a protagonista para melhorar a ressaca. Um dos motivos do conjunto de mal-estar é a desidratação. Por isso, beber em média três litros de água após o Carnaval é fundamental. E esta quantidade pode ser alternada com a água de coco”, detalha. 

Uma dieta balanceada também pode ajudar depois dos exageros cometido no carnaval. “As frutas com bastante água, como melancia e melão, também vão ajudar; além disso, os famosos sucos verdes irão ajudar na limpeza do organismo. A composição ideal é gengibre, couve ou salsinha e abacaxi. Assim existem fontes antioxidantes, anti-inflamatórias, vitaminas e minerais, a combinação perfeita para espantar qualquer ressaca”, afirma a nutricionista.

Outras Notícias

Em BH

Inquérito conclui que jovem que se envolveu em briga no Carnaval de BH morreu por uso de 'loló'

Em crise desde 2014

Após boa taxa de ocupação no Carnaval, hotéis de BH voltam ao período de 'vacas magras'

ambiente pesado

Mãe do volante Rabiot critica PSG e Neymar: 'Tem jogador que pode ir ao carnaval'