Rádio Itatiaia

Olodum é o homenageado do bloco Baianas Ozadas no Carnaval Belô 2019

O bloco Baianas Ozadas anunciou nesta terça-feira que o carnaval 2019 será em homenagem aos 40 anos de fundação do bloco afro Olodum. É o Carnaval Belô com mais novas cores e o Baianas Ozadas reforçando sua baianidade numa transformação de expressão viva do carnaval de Salvardor nas ruas centrais da capital mineira. 

Com o tema “Avisa lá! Baianas Ozadas vai de Olodum, BH!” o desfile será realizado na segunda-feira de carnaval, dia 4 de março, com concentração a partir das 9h. O percurso inicia na avenida Afonso Pena, próximo à Igreja São José, e finaliza no final da tarde na Praça da Estação. 

Em 2018, o bloco arrastou mais de 650 mil foliões atrás do trio e, para este ano, a folia promete ser ainda maior já que os ensaios de verão estão a todo vapor. A agenda completa do baianas Ozadas está disponível nas redes sociais oficiais do bloco.

As cores que representarão o bloco também não foram escolhidas por acaso. O verde, vermelho, amarelo e o preto, característicos do Olodum, estarão presentes nos vestuários autênticos que vão de saias a turbantes, balangandãs e pinturas corporais do Baiana Ozadas. Além do visual, o carnaval dos mineiros representará a Bahia na irreverência da musicalidade e no ritmo da banda e percussão que prometem sacudir os foliões atrás do trio ao som de clássicos do axé music. 

Olodum

Criado em 1979, o Olodum do Pelô, como é carihosamente chamado pelos baianos, também é reconhecido como a maior banda percussiva do planeta.

O ritmo samba-reggae, originado no seio do grupo pelo saudoso mestre Neguinho do Samba, contagiou o mundo e encantou artistas internacionais como Paul Simon e Michael Jackson, que fizeram questão de gravar com o grupo no Brasil.

O cineasta Spike foi outro ícone internacional que se rendeu ao som envolvente das banda, quando dirigiu o clipe da música “They Don’t Care About Us”, gravada em 1995 nas ladeiras do Pelourinho e uma pequena parte no Morro Dona Marta, no Rio de Janeiro. 

Identidade visual: Fael Primeiro

A cada ano um artista visual é convidado pelo Baianas Ozadas para conceber a identidade visual do carnaval do bloco. Para 2019, o responsável por dar vida ao tema escolhido foi o artista plástico baiano Fael Primeiro. Oriundo da cultura do grafite e músico, Fael usou todas as suas referências religiosas de matrizes africanas aliada a arte para desenvolver o projeto que customizará a homenagem do Olodum nos uniformes do bloco mineiro.

A ilustração feita pelo artista para o carnaval do Baianas Ozadas remete ao Faraó Tutancâmon, um jovem rei do Antigo Egito.

Outras Notícias

Carnaval Belô

Vem aí o primeiro Carnaval do Porcão, cheio de atrações, mistura de ritmos e Open Bar

Mais de 20 atrações

Tradicional desfile da Banda Mole chega à 44ª edição neste sábado em Belo Horizonte

Confira a programação!

Mais de 60 blocos desfilam pelas ruas de Belo Horizonte no próximo final de semana