Rádio Itatiaia

Olodum é o homenageado do bloco Baianas Ozadas no Carnaval Belô 2019

O bloco Baianas Ozadas anunciou nesta terça-feira que o carnaval 2019 será em homenagem aos 40 anos de fundação do bloco afro Olodum. É o Carnaval Belô com mais novas cores e o Baianas Ozadas reforçando sua baianidade numa transformação de expressão viva do carnaval de Salvardor nas ruas centrais da capital mineira. 

Com o tema “Avisa lá! Baianas Ozadas vai de Olodum, BH!” o desfile será realizado na segunda-feira de carnaval, dia 4 de março, com concentração a partir das 9h. O percurso inicia na avenida Afonso Pena, próximo à Igreja São José, e finaliza no final da tarde na Praça da Estação. 

Em 2018, o bloco arrastou mais de 650 mil foliões atrás do trio e, para este ano, a folia promete ser ainda maior já que os ensaios de verão estão a todo vapor. A agenda completa do baianas Ozadas está disponível nas redes sociais oficiais do bloco.

As cores que representarão o bloco também não foram escolhidas por acaso. O verde, vermelho, amarelo e o preto, característicos do Olodum, estarão presentes nos vestuários autênticos que vão de saias a turbantes, balangandãs e pinturas corporais do Baiana Ozadas. Além do visual, o carnaval dos mineiros representará a Bahia na irreverência da musicalidade e no ritmo da banda e percussão que prometem sacudir os foliões atrás do trio ao som de clássicos do axé music. 

Olodum

Criado em 1979, o Olodum do Pelô, como é carihosamente chamado pelos baianos, também é reconhecido como a maior banda percussiva do planeta.

O ritmo samba-reggae, originado no seio do grupo pelo saudoso mestre Neguinho do Samba, contagiou o mundo e encantou artistas internacionais como Paul Simon e Michael Jackson, que fizeram questão de gravar com o grupo no Brasil.

O cineasta Spike foi outro ícone internacional que se rendeu ao som envolvente das banda, quando dirigiu o clipe da música “They Don’t Care About Us”, gravada em 1995 nas ladeiras do Pelourinho e uma pequena parte no Morro Dona Marta, no Rio de Janeiro. 

Identidade visual: Fael Primeiro

A cada ano um artista visual é convidado pelo Baianas Ozadas para conceber a identidade visual do carnaval do bloco. Para 2019, o responsável por dar vida ao tema escolhido foi o artista plástico baiano Fael Primeiro. Oriundo da cultura do grafite e músico, Fael usou todas as suas referências religiosas de matrizes africanas aliada a arte para desenvolver o projeto que customizará a homenagem do Olodum nos uniformes do bloco mineiro.

A ilustração feita pelo artista para o carnaval do Baianas Ozadas remete ao Faraó Tutancâmon, um jovem rei do Antigo Egito.

Outras Notícias

Em crise desde 2014

Após boa taxa de ocupação no Carnaval, hotéis de BH voltam ao período de 'vacas magras'

ambiente pesado

Mãe do volante Rabiot critica PSG e Neymar: 'Tem jogador que pode ir ao carnaval'

Matozinhos

Polícia prende suspeito de estuprar jovem na Região Metropolitana de BH